Resenha: A Mentira - Will Gluck (2011)




'A Mentira' acompanha Olive (Emma Stone), uma menina comum que era meio invisível no colégio. Um dia ela decide ajudar seu amigo gay e finge que teve um caso com ele. Os dois se tornam os mais populares. Ela percebe que sua vida se tornou parecida com a heroína do romance "A Letra Escarlate", Hester Prynne, e começa a fazer dessa ajuda a garotos desesperados, seu modo de ficar popular.

Trailer:



Direção: Will Gluck
Gênero: Comédia
Duração: 92 min.
Avaliação


Quanto mais filmes a Emma Stone faz, eu mais tenho certeza que é impossível um filme ser ruim com ela atuando. É difícil eu assistir um filme de comédia por conta própria, esse eu só assistir por ter ela (que é uma de minhas atrizes favoritas) como protagonista.

Como diz a sinopse, Olive é uma menina que cursa o Ensino Médio, mas não é popular, o que todos  querem ser, pelo menos em filmes americanos. Para fugir de um final de semana com os pais estranhos de sua melhor amiga, ela mente dizendo que estava um caso com um garoto, mas outra garota ouve e acaba espalhando para toda a escola. O que torna ela uma menina popular, a mais popular. Ela, se aproveita disso, então não nega nenhuma das acusações e fofocas, ao contrário, ela começa a responder e se vestir, como a personagem de sua nova mentira. 

O filme é incrivelmente divertido, infelizmente não teve a fama que merece aqui no Brasil. A abordagem foi muito inteligente, as situações são hilárias e há um final feliz, o que faz dele um conjunto perfeito para um filme perfeito.  

Beijos, 
Giovana

Um comentário: