Resenha: O Primeiro Amor ( 2010)



A história será centrada em dois vizinhos, Bryce  e Juli. No começo, quando eles tem 7 anos de idade, ela se apaixona por ele, mas logo depois desiste. Eles novamente se encontram aos 13, e dessa vez ele é quem se apaixona por ela, que o despreza. Esse jogo ainda deve acontecer uma terceira vez ao longo da vida dos dois.


Direção: Rob Reiner

Gênero: Comédia/Drama/Romance
Classificação: 12 anos
Duração: 90 minutos

Avaliação


Trailer



Como a sinopse é horrível, eu vou explicar melhor sobre o que se trata o filme. 

Juli e Bryce se conheceram aos 7 anos, quando ele se mudou para frente da casa de Juli, a partir do momento em que ela olhou nos olhos dele foi amor a primeira vista. Ele, como um bom menino de sua idade: desprezou ela e fez de tudo para manter distância. Ao longo dos anos eles basicamente continuaram com isso( ela gosta dele, ele odeia ela), mas com o decorrer do tempo ele começa a olhar ela com outros olhos. 
Cada parte do filme é narrada por um e repetida pelo outro, cada um contando do seu jeito. O filme é um perfeito exemplo de "filme de amorzinho", é obviamente para pré -adolescentes, mas não muda o fato de que ele é uma graça. Totalmente recomendável e é impossível de se arrepender após tê-lo assistido. Ele está disponível na internet, é um pouco difícil de se encontrar, mas não é impossível de ver online. Por favor, não se confundam com o filme "Meu Primeiro Amor", o que é bastante comum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário